• Boletim de Acidentes Julgados no Tribunal Marítimo
    v. 9 n. N9 (2020)

    A Corte Marítima apresenta a 9ª Edição do seu Boletim de Acidentes, mantendo o propósito de divulgar aos leitores um resumo dos ensinamentos colhidos extraídos dos principais acidentes julgados e suas causas determinantes. A relevância de levar ao conhecimento público a natureza e a causa determinante desses acidentes e fatos da navegação, assim como suas eventuais repetições contribuem para a consolidação de uma mentalidade de prevenção e segurança da navegação.

  • Boletim de Acidentes Julgados no Tribunal Marítimo
    v. 8 n. 8 (2020)

    Tribunal Marítimo lança sua 8ª Edição do Boletim de Acidentes julgados pelo seu colegiado de juízes, levando ao conhecimento de toda a Comunidade Marítima, Náutica, Portuária e, em especial aquaviários e amadores, os acidentes e fatos da navegação que são julgados no decorrer do ano e por suas nuances, necessitam ser divulgados.

  • Boletim de Acidentes Julgados no Tribunal Marítimo
    v. 7 n. 7 (2020)

    O Tribunal Marítimo lança sua 7ª Edição do Boletim de Acidentes julgados pelo seu colegiado de juízes, levando ao conhecimento de toda a Comunidade Marítima, Náutica, Portuária e, em especial aquaviários e amadores, os acidentes e fatos da navegação que foram julgados no decorrer do ano de 2019 e por suas nuances, necessitam serem divulgados em busca do melhor entendimento sobre as falhas ocorridas e as possíveis atitudes para evitá-las.

  • Boletim de Acidentes Julgados no Tribunal Marítimo
    v. 6 n. 6 (2019)

    Ao registrarmos um ano da criação deste Boletim,Tribunal Marítimo lança a 6ª Edição do Boletim de Acidentes julgados pelo seu colegiado de juízes, levando ao conhecimento de toda a Comunidade Marítima, Náutica, Portuária e, em especial aquaviários e amadores, os acidentes e fatos da navegação que recentemente foram julgados e por suas peculiaridades, carecem ser divulgados.

  • Boletim de Acidentes Julgados no Tribunal Marítimo
    v. 5 n. 5 (2019)

    Ao publicar a quinta Edição do Boletim de Acidentes Julgados no Tribunal Marítimo, trazemos ao conhecimento de toda a Comunidade Marítima, Náutica, Portuária e, especialmente, aquaviários e amadores, os acidentes e fatos da navegação que foram recentemente julgados e por suas características, merecem divulgação.

  • Boletim de Acidentes Julgados no Tribunal Marítimo
    v. 4 n. 4 (2019)

    Dando continuidade ao já consolidado Boletim de Acidentes Julgados no Tribunal Marítimo, passamos então à sua 4ª Edição e a terceira no presente ano de 2019. Prosseguimos em sua linha de abordagem, apresentando os acidentes e fatos mais relevantes, dentre os recentemente julgados no Tribunal Marítimo, assim como aqueles que merecem sua divulgação com o propósito que as comunidades marítima, náutica e portuária os evitem e que sejam lições importantes para os navegantes e usuários.

  • Boletim de Acidentes Julgados no Tribunal Marítimo
    v. 3 n. 3 (2019)

    A presente 3ª Edição do Boletim dos Acidentes Julgados no Tribunal Marítimo vem na esteira das edições anteriores, obedecendo as mesmas abordagens com foco na consolidação de uma mentalidade de segurança da navegação. Apresenta de igual maneira aqueles acidentes e fatos mais relevantes que devam chegar ao conhecimento das comunidades marítima, náutica, portuária e dos profissionais do Direito Marítimo, sendo alvo desse Boletim aqueles que são portadores de lições importantes para os navegantes.

  • Boletim de Acidentes Julgados no Tribunal Marítimo
    v. 2 n. 2 (2018)

    Foi com grande interesse e, para não dizer, satisfação, que o Tribunal Marítimo viu a repercussão nas comunidades marítima, náutica, portuária e, principalmente, dos profissionais do Direito Marítimo, da Edição nº 1 deste nosso Boletim de Acidentes Julgados. Editado em 11 de dezembro de 2018, acreditamos que o propósito de sua implementação foi alcançado. Assim sendo, a Edição nº 2 que ora se segue nos apresentará a mesma linha de abordagem.

  • Boletim de Acidentes Julgados no Tribunal Marítimo
    v. 1 n. 1 (2018)

    Acidentes e fatos da navegação são acontecimentos que se pretende evitar no mar e águas interiores. Há esforços de vários segmentos do poder público, especialmente da Marinha do Brasil, para reduzir estas ocorrências. A conscientização da sociedade em geral e dos condutores de embarcações em particular é o fator que julgo de maior relevância. Sendo a vida humana o bem jurídico tutelado mais importante, o papel do Tribunal Marítimo se torna essencial pois estabelece as causas determinantes extensão dos acidentes e fatos da navegação, podendo propor, inclusive, medidas preventivas e de segurança da navegação.

    Assim, solicito a você, leitor deste boletim, que procure disseminar junto à sua empresa, entidade náutica ou sua trios ensinamentos colhidos e recomendações aqui apresentadas, para que unamos esforços no sentido que acidentes como estes a serem comentados não se repitam.