Em busca das origens

as interpretações da Revolução de Maio nas narrativas dos rio-platenses

  • Suellen Mayara Péres de Oliveira Graduada em História pela Universidade Federal de Ouro Preto. Mestre e doutoranda em História Social pelo Programa de Pós-graduação em História Social da Universidade Federal do Rio de Janeiro, onde desenvolve pesquisa sobre o exílio dos letrados rio-platenses no Brasil entre os anos de 1829 e 1852.
Palavras-chave: Historiografia, região do Prata, Independência

Resumo

O artigo aborda como a Revolução de Maio foi construída como mito de origem nas narrativas dos rio-platenses. Destaca a trajetória do letrado Florencio Varela e as fontes históricas que ele elegeu a fim de construir a história da região do Prata. Sobretudo, investigam-se como as representações do passado atenderam as demandas do presente e aos desejos de futuro.

Publicado
2020-05-14